Cinema D di Deus ou di Diabo?

Prazo para captação:

De 17/01/13 até 31/12/16

Descrição

Esse projeto pretende produzir um filme de curta metragem com duração de 15 min através da produção e exibição da obra cinematográfica de curta metragem D de Deus ou di Diabo?

Quem Incentiva Pessoa Jurídica Pessoa Física

Região BR

Tipo de imposto abatido IR

Valor autorizado para captação:

R$ 295.324,62

Resumo

Esse projeto pretende produzir um filme de curta metragem com duração de 15 min através da produção e exibição da obra cinematográfica de curta metragem D de Deus ou di Diabo?

Objetivo

Verificamos que 70% das produções independentes brasileiras do segmento audiovisual e cinematográfico que são produzidas no Brasil não chegam a ser exibidos a população em geral, não havendo a disseminação desta forma de manifestação artística cultural brasileira em todas as camadas sociais do país. Neste sentido, a produção e exibição da obra cinematográfica D de Deus ou di Diabo? junto com a palestra gratuita aberta a população com apoio das empresas incentivadoras, da Ancine e da Universidade Estadual de Ponta Grossa realizará este projeto cujo caráter é educativo e sociocultural em benefício a nossa arte, os nossos costumes e tradições.
A escolha da cidade de Ponta Grossa por estar localizada na região dos Campos Gerais, no Paraná, com a economia assentada sobre o agro-negócio e desenvolvimento industrial. Possui sete instituições de ensino superior (02 públicas e 05 particulares), sendo considerada uma cidade pólo regional de caráter universitário.
As atividades culturais são diversificadas mas, segundo informações obtidas junto às entidades que promovem ação cultural, na cidade de Ponta Grossa e região não se desenvolve um trabalho focado em exibição e produção audiovisual brasileiras e de outros países da América Latina.
Discutir, debater meios e estratégias para a distribuição e formação de platéia para o cinema brasileiro e sua nova segmentação e suportes, com diretores, produtores e atores da produção, visando um diálogo sobre o processo de criação, produção e finalização de um projeto audiovisual e suas linguagens é a proposta do presente projeto que será viabilizado através da produção, filmagem e exibição do curta metragem D de Deus ou di Diabo? e realização de uma palestra abordando os temas acima citados.
Dentro deste contexto, o presente projeto pretende a produção, filmagem e exibição do curta metragem, através da palestra propiciar debates sobre o tema apresentado, sendo a palestra gratuita e aberta a todos, a comunidade universitária, para população local, para jovens carentes (indicados por instituições próprias).

Nº do Diário Oficial

/49902417/DOU 17/01/2013 - Pág. 7 - Seção 1

Onde vai acontecer

PR: Todas as cidades
Cafelândia
Guaíra
Guaraci
Palmital
Pitangueiras
Catanduvas
Irati
Palmeira
Turvo
Palmas

Data de realização

Não definida

Público

A produção da obra cinematográfica de curta metragem de forma democrática realizará através da palestra sobre os temas apresentados, para a comunidade universitária, para jovens carentes (indicados por instituições próprias) e com a possibilidade de atingir jovens da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), bem como toda a população em geral, utilizando todos os espaços com facilidade de acesso para todos os públicos, inclusive para pessoas portadoras de deficiências, sem discriminação de idade, raça ou credo seguindo rigorosamente a legislação.

Descrição

D de Deus ou di Diabo? É um filme revolucionário, sobre o invisível, sobre o abstrato, que questiona a mente de cada um; mostra não dois, mas todos os lados da moeda. Um curta metragem sobre Física Quântica, que com distorção temporal traz o juízo final do futuro para o momento presente e nos torna um Deus ou um Diabo; faz de nossas próprias vidas na Terra e no Agora, um céu ou um inferno mutável.

Propõe uma quebra dos paradigmas cotidianos, pois mostra que nosso livre arbítrio está acima de tudo e atualmente com poderes infinitos. Sendo o livre arbítrio a maior arma e a maior defesa da atualidade. Conta tudo isso através da história de um casal do cotidiano e trata dessa polêmica com dúvidas e afirmações relacionadas aos processos de uniões civis, religiosas, amorosas e suas inter-relações com a verdade que está dentro de cada um de nos e constantemente mutável. Duas pessoas se conhecem, se apaixonam, trocam juras de amor podendo se transformar em Deuses: evoluir e libertar-se aqui mesmo nessa vida. Mas depois podem ser corrompidos em um milésimo de segundo se não tomarem as decisões corretas e atitudes, dando valor ao que realmente interessa. Através de uma história cotidiana, o filme mostra como as pessoas podem ir do céu ao inferno. Vivemos numa guerra civil assistida confortavelmente por cada um de nós na segurança de nossas confortáveis poltronas, não iniciadas por bombas de destruição em massa e serial killers, mas sim por nós mesmos, dentro de nossas consciências a cada momento.

As empresas incentivadoras do CURTAS serão beneficiadas através do plano de divulgação nos veículos: televisão, rádio,  internet, jornais e revistas, suas marcas serão citadas em matérias, entrevistas e programas de TV, bem como em todo o material gráfico (Encartes, banners, flyers).

O patrocínio em projetos culturais permite para o patrocinador inserção no meio social, pois a empresa que investe em cultura através do mecanismo de renúncia fiscal, estabelece credibilidade perante a população.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *