Vídeo Histórias de Pescador

Prazo para captação:

De 20/10/14 até 31/10/15

Descrição

Websérie composta por 5 vídeos apresentará, por meio de linguagem cinematográfica fantástica, as histórias de pescadores contadas pelos próprios habitantes do litoral paulista.

Quem Incentiva Pessoa Jurídica

Região SP

Tipo de imposto abatido ICMS

Valor autorizado para captação:

R$ 146.789,50

Resumo

Websérie composta por 5 vídeos apresentará, por meio de linguagem cinematográfica fantástica, as histórias de pescadores contadas pelos próprios habitantes do litoral paulista.

Objetivo

a) GERAIS

Realizar uma colagem documentária de cunho cultural, folclórico, e histórico, dividido em cinco programas de aproximadamente cinco minutos cada um. Os vídeos serão realizados em alta definição e veiculados, principalmente, por TV, internet e ciclo de palestras/ workshops, abordando este nicho específico do Patrimônio Cultural Brasileiro. A série de vídeos produzida a partir deste projeto será de livre acesso a todos, com enfoque em professores e alunos da rede de ensino brasileira, uma vez que todo o material estará disponível gratuitamente em um website que já está sendo criado para o projeto.

B) ESPECÍFICOS

Por meio da investigação realizada in loco pretende-se levantar o arcabouço cultural e folclórico da região. O contato pessoal com as várias gerações de caiçaras, tanto em sentido estrito quanto em sentido lato, permitirão resgatar a cultura tradicional e vislumbrar os caminhos para o qual rumam essas manifestações.

Num primeiro momento, essa aproximação demonstra que a chegada da indústria e até mesmo do processo civilizatório natural ameaça a continuidade do folclore local empobrecendo a cultura produzida desde o descobrimento do país. Apesar de avanços neste sentido, o Patrimônio Cultural Brasileiro ainda não recebe a devida proteção. Pretende-se instigar e fomentar o resgate cultural desta região por meio de entrevistas lúdicas e das chamadas “histórias de pescador”.

Para tanto, as metas estão apoiadas sobre três pilares principais:

i. CULTURAL / EDUCACIONAL: O tema será abordado de maneira a informar e colocar o público em contato com diferentes manifestações culturais. É muito importante para países de proporções continentais nutrir constantemente todos os aspectos que os compõem, sob pena de diluir e perder no tempo interessantes núcleos culturais. O conteúdo será apresentado de maneira convidativa e agradável ao espectador, fazendo uso do videografismo e mesclando animações gráficas às imagens dos próprios personagens do cenário litorâneo.

ii. INSTIGADOR / FOMENTADOR: É fundamental o papel do presente trabalho ao incentivar a valorização da identidade do povo brasileiro. Esta pequena vertente abraçada por este documentário, sem dúvida compõe o que é “ser brasileiro”. O litoral, de enorme extensão, está intimamente ligado a diversas manifestações culturais por todo o país. Faz parte do desenvolvimento histórico do povo. Esta identidade têm se esvanecido pelos anos de desenvolvimento tecnológico. O que por um lado é natural, mas o que se propõe aqui é um olhar para esse processo. Como ele ocorre? O que o causa? Sopesar os valores que se conquistam e os que ficam para trás é um resultado esperado com a divulgação das entrevistas realizadas.

iii. RESGATADOR DO PATRIMONIO CULTURAL: Outro efeito de extremo apreço é propor o resgate do Patrimônio Cultural Brasileiro. As entrevistas com os caiçaras serão compiladas e eternizadas, enriquecendo a bagagem cultural e folclórica do Brasil. Trata-se de uma coleção de experiências e vivências, capazes de tecer uma identidade maior.

Nº do Diário Oficial

1437

Onde vai acontecer

SP: Todas as cidades
RJ: Todas as cidades

Data de realização

Não definida

Público

O documentário destina-se ao brasileiro, tanto aquele que participa do meio de vida abordado, quanto para o interessado e o curioso. Com isso o material atinge tanto leigos quanto estudantes, professores de ensino médio e superior dos mais variados cursos e, claro, os caiçaras. O trabalho compõe o arcabouço do que é “ser brasileiro”.

Além disso, o estudo será uma importante pesquisa, de interesse da própria Secretaria da Cultura. Compilará interessantes entrevistas e material acadêmico, a baixo custo para o Poder Público.

Descrição

O projeto está estruturado em uma série de cinco vídeos que apresentará, por meio de uma linguagem fantástica, histórias de pescador contadas pelos próprios habitantes do litoral paulista. Cada episódio abordará uma história diferente, criando uma colagem cultural e folclórica daqueles povoados litorâneos.

Por meio da simbiose entre os depoimentos de pessoas locais e o videografismo (nova linguagem tecnológica do design que facilita o entendimento e a visualização do tema por meio de arte gráfica) será possível, tanto ao local, quanto ao leigo, aprofundar o contato com a cultura litorânea do Estado de São Paulo.

O projeto é relevante tanto para o leigo que não participa da realidade cultural abordada, quanto para o caiçara que vê sua identidade enaltecida e propagada. Além disso há o apelo das histórias de pescador, que atraem pessoas alheias a essa realidade por se tratarem sempre de contos interessantes, incríveis e muitas vezes fantasiosos.

O projeto não está restrito apenas à série de cinco vídeos uma  vez que:

 serão organizadas pelo menos cinco apresentações/ palestras gratuitas sobre o tema do projeto, a serem ministradas pelo diretor e equipe da série em diferentes regiões do Estado de São Paulo –   tanto à comunidade costeira local, dos caiçaras, como também a porção menos habituada ao mar que é população do interior do Estado.

propõe-se que todo o conteúdo seja disponibilizado gratuitamente em um hot site, sendo de acesso livre para qualquer pessoa assistir ou fazer o download de cada capítulo. O desenvolvimento e manutenção do site do projeto também será de total responsabilidade do proponente, não estando, portanto, incluso no orçamento.

a transmissão em TV será gratuita para toda a população através de uma parceria realizada com a TV USP, que veiculará toda a série em sua grade de programação (conforme carta em anexo).

das apresentações/ palestras realizadas nas cidades do litoral e interior do Estado de São Paulo serão realizadas pequenas pílulas audiovisuais com depoimentos dos espectadores comentando a importância da discussão deste tema, fazendo assim com que o projeto Histórias de Pescador seja ainda mais difundido.

300 livretos de poesia escritos pela poeta paulista Rafaela Scavone e ilustrados por artistas contemporâneos do Estado de São Paulo serão confeccionados e distribuídos gratuitamente durante as apresentações/ palestras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *