Design Holy or Dead

Prazo para captação:

De 23/09/19 até 31/12/19

Descrição

O presente projeto tem como objetivo a realização do jogo eletrônico intitulado Holy or Dead. Trata-se de um jogo interativo para até quatro jogadores.

Quem Incentiva

Valor autorizado para captação:

R$ 199.161,60

Resumo

O presente projeto tem como objetivo a realização do jogo eletrônico intitulado Holy or Dead. Trata-se de um jogo interativo para até quatro jogadores.

Objetivo

Objetivo Geral

– contribuir para facilitar, a todos, os meios para o livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais, através da produção de projeto que será disponibilizado gratuitamente para o público;

– apoiar, valorizar e difundir o conjunto das manifestações culturais e seus respectivos criadores, ao estimular produções criativas e independentes;

– salvaguardar a sobrevivência e o florescimento dos modos de criar, fazer e viver da sociedade brasileira, ao incentivar a produção de projetos culturais de caráter inovador;

priorizar o produto cultural originário do País.

Objetivo Específico

Produto: Jogo Eletrônico

Produzir jogo eletrônico multiplataforma e multiplayer.

Produto: Contrapartida Social

Realizar palestra sobre o processo de produção na área de jogos eletrônicos para alunos de ensino médio de instituição de ensino público. Estima-se um público de 100 pessoas.

Nº do Diário Oficial

192453

Onde vai acontecer

Pouso Alegre, MG, Brasil

Data de realização

Não definida

Público

Crianças e pré-adolescentes de todos gêneros e jovens adultos do sexo masculino.

Descrição

Jogo multiplataforma chamado “Holy or Dead” (PC e Smartphones) que pode ser jogado com até 4 pessoas.

O objetivo do jogo será dominar a maior àrea de tela possível antes que o tempo acabe. Vence o jogador ou time que tiver conquistado o maior percentual da tela. As fases e ambientes do jogo, por sua vez serão 10, para serem jogados à livre escolha do player ou, no caso de que seja definido também um modo história para o jogo, ordenados usando o critério de complexidade, averiguada através de testes posteriores à sua execução.

Classificação indicativa etária: Livre

Download e material complementar

Contrapartida Social

Enquanto Contrapartida Social, o projeto realizará ação formativa cultural da qual visa oferecer uma palestra sobre produção de jogos para 100 beneficiários, de modo a seguir o exposto no art. 22 da Instrução Normativa nº 2/2019 do Ministério da Cidadania, a saber:

“Art. 22. As propostas culturais deverão apresentar ações formativas culturais em suas atividades ou equivalente, em território brasileiro, com rubricas orçamentárias próprias.

§ 1º As ações formativas culturais deverão corresponder a pelo menos 10% (dez por cento) do quantitativo de público previsto no plano de distribuição, contemplando no mínimo 20 (vinte) limitando-se a 1.000 (mil) beneficiários, a critério do proponente.

§ 2º 50% (cinquenta por cento) do quantitativo de beneficiários das ações formativas culturais devem se constituir de estudantes e professores de instituições públicas de ensino.”

As palestras serão ministradas pelo coordenador geral do projeto, também proponente. Tratar-se-á de uma iniciativa que irá aproximar estudantes de ensino médio de instituições de ensino público do universo de produção de jogos eletrônicos. Na palestra irá ser abordado o processo de produção do presente projeto, com o objetivo de despertar fascínio nos estudantes. É o sonho de muitos jovens participar do desenvolvimento de games, que, por não saberem o caminho ou por acharem algo muito distante de sua realidade acabam desistindo da idéia. O objetivo da palestra é aproximar esses jovens dessa área em ascensão no país, formando potenciais desenvolvedores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *