PAULO CESAR PINHEIRO – DE LETRA E ALMA

Prazo para captação:

De 01/05/15 até 31/12/16

Descrição

O documentário traz uma biografia do poeta e letrista brasileiro, Paulo César Pinheiro. Através de suas memórias, o poeta fala de si, das suas parcerias, de amigos, amores, andanças, poesia, música

Quem Incentiva Pessoa Jurídica Pessoa Física

Região BR

Tipo de imposto abatido IR

Valor autorizado para captação:

R$ 858.800,00

Resumo

O documentário traz uma biografia do poeta e letrista brasileiro, Paulo César Pinheiro. Através de suas memórias, o poeta fala de si, das suas parcerias, de amigos, amores, andanças, poesia, música

Objetivo

Realizar filme documentário sobre o letrista e poeta Paulo César Pinheiro, autor de mais de 3.000 músicas, sendo 1.200 já gravadas por grandes artistas como: Baden Powell, Vinícius de Moraes, Tom Jobim, Pixinguinha, Clara Nunes, Elis Regina, Maria Bethânia, Edu Lobo, Ivan Lins, Lenine, entre outros.

Buscar uma visão sobre o processo criador do artista, misturando sua história de vida com sua visão de mundo.

Mostrar um artista que praticamente atravessa a segunda metade do século XX no meio musical, ao realizar parcerias com Pixinguinha aos 16 anos e hoje, aos 66, tem jovens músicos como parceiros de criação.

Valorização da cultura brasileira pela música, que atravessa fronteiras.

Nº do Diário Oficial

140066

Onde vai acontecer

SP: Todas as cidades

Data de realização

Não definida

Público

Público de todas as idades que tenha interesse e curiosidade pela cultural brasileira através da música, do samba, da poesia e, claro, do cinema.

Descrição

 

ARGUMENTO

 

Muito já se falou sobre a Música Popular Brasileira a fim de conferir a sua importância no cenário cultural, não só nos limites de nossas extensas fronteiras, como para além de todas elas. Mais que os seus tão diversos ritmos e as belíssimas melodias, a música brasileira encanta pela riqueza de suas letras, que tão bem expressam os nossos valores, as nossas tradições, as nossas belezas naturais, a nossa identidade cultural, e tudo o mais que somos, ou que nos motiva. Tudo é inspiração.

 

Todavia, ainda que tanto seja escrito sobre o nosso País e sobre nós brasileiros, muito pouco sabemos de quem escreve. O fato é que a música consagra seus intérpretes, mas derrama pouca luz sobre quem as compõe. Um caso clássico a ilustrar esta realidade é o do escritor e poeta Paulo Cesar Pinheiro, autor de mais de 1.000 composições já gravadas, e outras tantas nestas mesmas proporções ainda inéditas, permanece desconhecido a boa parte do grande público.

 

Nascido na cidade do Rio de Janeiro em 28 de abril de 1949, Paulo Cesar Pinheiro iniciou sua carreira ainda muito jovem. Aos 14 anos, compôs “Viagem” com João de Aquino, que foi gravada por Marisa Gata Mansa, e inúmeros outros intérpretes. Aos 16 anos, estabeleceu a notável parceria com Baden Powell, com quem gravou o samba “Lapinha”, que na voz de Elis Regina, venceu a I Bienal do Samba da TV Record, em 1968.

 

Parceiro de Pixinguinha, Baden Powell, Tom Jobim, Edu Lobo, Francis Hime, João de Aquino, Dori Caymmi, Ivan Lins, Mauro Duarte, João Nogueira, Guinga, Toquinho, Lenine, citando só alguns, Paulo Cesar Pinheiro vem embalando gerações com suas letras, tantas vezes interpretadas pelas belas vozes da nossa MPB, a exemplo de Elis Regina, Elizeth Cardoso e Clara Nunes.

 

Mas Paulinho, como é chamado pelos amigos, é muito mais que samba! O letrista já caminhou por todo o nosso cancioneiro, empregando a sua poesia a congados, baiões, toadas, maracatus, canções e tantos outros. E foi além! Fez trilhas sonoras, escreveu poemas, crônicas, livros, programas infantis, peças teatrais… Enfim! Não há lado pra que se olhe, nas mais diversas expressões da nossa cultura popular, em que lá não esteja Paulo Cesar Pinheiro.

 

Por seu inestimável valor como poeta e letrista… há quem afirme que é o maior letrista brasileiro, e não são poucos… assim como a sua indiscutível relevância no cenário cultural brasileiro, o poeta já inspirou matérias, artigos, e até mesmo livros. E não dá sinais de que vá parar por aí! Aos 65 anos de idade, Paulo Cesar Pinheiro permanece atravessando gerações e mantendo o passo na sua vasta produção. Nas palavras do próprio, “Quando eu comecei, eu era 10, 20 anos mais novo que os meus parceiros. Hoje, eu sou 30, 40 anos mais velho do que eles…”

 

Mas quem é o homem por trás de tudo isto? Que rosto ele tem? Fala em que tom? Como é a sua risada? É tímido? É contido ou zombeteiro, daqueles que fazem troça com os amigos? É filho, neto, pai, irmão, marido, amigo? Como foi que tudo isto começou? Como tem sido a sua trajetória? E como lhe pareceu viver tantas vidas, escrever sobre tantos temas, fazer versos sobre tantas coisas… crenças, histórias, pessoas, sentimentos…?

 

Apesar de toda a sua produção e trajetória, e dos tantos registros encontrados aqui e ali sobre ele, muito pouco há em imagens, e dentre o que está disponível ao grande público, nada há que lhe descreva, que conte a sua história, ou nos revele as suas emoções. O quão rico de experiências e impressões não será alguém como Paulo Cesar Pinheiro? E como nos parece necessário e inspirador conhecer e retratar um pouco de tudo isto? É Paulo Cesar Pinheiro por ele mesmo!

 

Daí a proposta de realização do filme documentário “Paulo Cesar Pinheiro: de letra e alma” (título provisório). Por certo que, além de nos permitir saber mais desta figura tão emblemática à nossa cultura, há de resultar num bom registro de um tempo histórico e de algumas de suas maiores expressões artísticas, bem como de temáticas e universos tão representativos da produção musical brasileira.

 

Contrapartidas Iniciais:

Inserção da logomarca do patrocinador nos créditos iniciais e finais do filme.
Inserção da logomarca do patrocinador em todo material de divulgação do projeto, incluindo: cartazes, banners, convites, folhetos, capas de DVDs e afins.
Sessão de pré-estreia exclusiva para o patrocinador e convidados.
Menção ao patrocinador nas apresentações do filme e em todas as entrevistas e mídias de divulgação do filme.
Cópias do filme em DVD.

A Terra Firme tem todo o interesse em ouvir os patrocinadores e realizar em conjunto um plano de divulgação ampliado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *