Formação e capacitação Pró-autista Oficinas Culturais / Segunda Etapa

Descrição

O Projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / SEGUNDA ETAPA consiste na realização permanente de oficinas de música (Musicoterapia), junto a crianças, jovens e adultos autistas e suas famílias.

Quem Incentiva Pessoa Jurídica Pessoa Física

Região BR

Tipo de imposto abatido IR

Valor autorizado para captação:

R$ 353.200,00

Resumo

O Projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / SEGUNDA ETAPA consiste na realização permanente de oficinas de música (Musicoterapia), junto a crianças, jovens e adultos autistas e suas famílias.

Objetivo

Objetivo Específico:
O principal objetivo do projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / SEGUNDA ETAPA é oportunizar o acesso e a integração social de crianças, jovens e adultos autistas com necessidades especiais e/ou transtornos associados, bem como as suas famílias, através do desenvolvimento de projeto contínuo de Musicoterapia na Associação Aquarela Pró-autista, integrando o mesmo à outros serviços de assistência prestados pela entidade.
Outros objetivos:
– Descentralização cultural, oportunizando o acesso à oficinas de arte e cultura (dentro das possibilidades artísticas que compreenda a Musicoterapia), de crianças, jovens e adultos autistas com necessidades especiais e/ou transtornos associados;
– Oportunizar às famílias de crianças, jovens e adultos autistas o contato com atividades de arte e cultura (Musicoterapia), que integre-os aos serviços oferecidos pela entidade junto aos associados, como: Psicologia, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Educação Física e Assistência Social;
– Utilizar a linguagem artística (Musicoterapia) como instrumento de desenvolvimento humano e social;

Nº do Diário Oficial

01400014532201498

Onde vai acontecer

RS: Erechim

Data de realização

Não definida

Público

Diante do caráter formativo das oficinas que serão ofertadas gratuitamente a profissioanais atuantes na área de Psicologia, Fisioterapia, Educação Física, Terapia Ocupacional e Assistencia Social, sendo que o mesmo será revertido para o atendimento gratuíto de crianças, jovens e adultos autistas, com necessidades especiais e/ou transtornos associados bem como suas famílias, o projeto atende a democratização de acesso.

Descrição

O presente projeto justifica-se pela necessidade da Associação Aquarela Pró-autista em desenvolver atividades formativas relacionadas a crianças, jovens e adultos autistas, com necessidades especiais e/ou transtornos associados, bem como suas famílias, através de linguagem específica compreendida na área cultural (Musicoterapia), que, possibilite o desenvolvimento reflexivo-social por meio do fazer artístico, assim como sua articulação com outras formas de assistência prestadas pela entidade.

O projeto será desenvolvido de forma transversal, através de variadas formas de linguagem que compreendam a Música (por meio da Musicoterapia) junto a outros tipos de atendimento assistenciais oferecidos pela entidade, como: Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia, Assistência Social, Educação Física e Terapia Ocupacional.
Verificou-se na realização do primeiro projeto, (PRONAC: 121360) que a questão artística cria muitos diálogos com outras áreas de atendimentojunto aos autistas, assim como em suas famílias. Dessa maneira é imprescindível para a facilitação da continuidade do projeto, a criação de novas dinâmicas e atividades por meio da cultura (Música), envolvendo o trabalho assistencial desenvolvido na associação e sua articulação com as atividades em arte.

O trabalho cultural junto ao autista e suas famílias não é possível ser desenvolvido sem que haja o estímulo de outras áreas que integram o seu bem estar na Associação. Os serviços de assistência prestados na entidade, cada qual com a sua especificidade, buscam capacitar de forma isolada as dificuldades encontradas pelo “corpo-autista” e sua relação com o meio. Por exemplo: a Fisioterapia busca o resgate do movimento corporal muitas vezes impossibilitado pelo nível de autismo do associado. Assim como o Educador Físico atribui relações do movimento com atividades que envolvam o desenvolvimento da capacidade motora. A Assitência Social, busca o bom entendimento dos familiares com as situações emocionais junto aos autistas e a sociedade e a Psicologia integra autistas e familiares.
O trabalho cultural junto aos autistas se encontra no âmbito situacional diante da relação do mesmo com o meio, ou seja, ele é o facilitador de todos os serviços relacionados acima com a sua integralidade. As dificuldades encontradas na realização do primeiro projeto, tendo como exemplo as oficinas de teatro e dança diante de especificidades relacionadas ao trabalho corporal junto ao autista, poderiam ser estimuladas se houvesse um trabalho sistematizado e contínuo voltado à Educação Física. O mesmo ocorreria no atendimento dos familiares com a Assistencia Social, pois os mesmos seriam estimulados a entender os benefícios que as atividades relacionadas a música trazem para o desenvolvimento dos serviços.

Para a execução da SEGUNDA ETAPA do projeto, será traçado Planejamento Pedagógico, estruturado de forma transversal, prevendo articulação de oficinas de musicoterpia a serem executadas na associação, prevendo articulação junto a outros tipos de atendimento prestados pela entidade. Verificou- se na primeira etapa do projeto que atividades relacionadas a música trazem enormes benefícios aos autistas diante de possíveis conexões com o meio externo. Dessa forma o processo de continuidade prevê o atendimento tranversal entre música e os outros serviços.

Material de divulgação:

Matérias em jornais, revistas, folders, cartazes, flyers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *