Formação e capacitação Pró-autista Oficinas Culturais / Terceira Etapa

Descrição

O Projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / TERCEIRA ETAPA consiste na realização de dois Workshops de Teatro e Dança, junto a equipe multidisciplinar da Associação Aquarela Pró-autista.

Quem Incentiva Pessoa Jurídica Pessoa Física

Região BR

Tipo de imposto abatido IR

Valor autorizado para captação:

R$ 232.405,00

Resumo

O Projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / TERCEIRA ETAPA consiste na realização de dois Workshops de Teatro e Dança, junto a equipe multidisciplinar da Associação Aquarela Pró-autista.

Objetivo

Objetivo Específico:
O principal objetivo do projeto Pró-autista / Oficinas Culturais / TERCEIRA ETAPA é oportunizar o acesso e a integração social de crianças, jovens e adultos autistas com necessidades especiais e/ou transtornos associados, bem como as suas famílias, através do desenvolvimento de projeto cultural com atividades contínuas, através das linguagens de Teatro e Dança Contemporânea integrados ao método TEACCH (Tratamento e Educação Para Autistas e Crianças com Déficit Relacionado a Comunicação) e a Equoterapia.
Outros objetivos:
Descentralização cultural, oportunizando o acesso à oficinas de arte e cultura (dentro das possibilidades artísticas que compreendam o Teatro e a Dança Contemporânea), de crianças, jovens e adultos autistas com necessidades especiais e/ou transtornos associados;? Utilizar a linguagem artística (Dança e Teatro) como instrumento de desenvolvimento humano, social e educacional;

Nº do Diário Oficial

01400074474201451

Onde vai acontecer

RS: Erechim

Data de realização

Não definida

Público

Diante do caráter formativo das oficinas que serão ofertadas gratuitamente a profissioanais atuantes na área de Psicologia, Fisioterapia, Educação Física, Terapia Ocupacional e Assistencia Social, sendo que o mesmo será revertido para o atendimento gratuíto de crianças, jovens e adultos autistas, com necessidades especiais e/ou transtornos associados bem como suas famílias, o projeto atende a democratização de acesso. ??

Descrição

 

O presente projeto justifica-se pela necessidade da Associação Aquarela Pró-autista, em desenvolver atividades formativas relacionadas a criançjaosv,ens e adultos autistas, com necessidades especiais e/ou transtornos associados, bem como suas famílias, através de linguagem específica compreendida na área cultural (Dança e Teatro).
Essas atividades possibilitarão o desenvolvimento físico, social e cognitivo do associado, diante da sua articulação com outras técnicas já desenvolvidas junto a melhoria de vida do autista: o método TEACCH e a Equoterapia.

O projeto será desenvolvido diante da elaboração de uma nova metodologia, criada a partir da integração de questões pertinentes ao teatro-educaçjãuon,to ao método TEACCH e da Dança Contemporânea, junto a Equoterapia.
Verificou-se na realização do primeiro projeto, (PRONAC: 121360) que, a questão artística cria muitos diálogos com outras áreas de atendimento
junto aos autistas, assim como em suas famílias. Dessa maneira é imprescindível para a facilitação da continuidade do projeto, a criação de novas dinâmicas e atividades por meio da cultura (no caso desse novo projeto, da dança e do teatro), envolvendo o trabalho rotineiro da associação e sua articulação com as atividades em arte. O trabalho cultural junto aos autistas se encontra no âmbito situacional, diante da relação do mesmo com o meio, ou seja, ele é o facilitador de todos os serviços de uma associação que trabalha com autistas, junto a integralidade dos outros serviços. As dificuldades encontradas na realização do primeiro projeto (tendo como exemplo as oficinas de teatro e dança), diante de especificidades relacionadas ao trabalho corporal junto ao autista, poderiam ser estimuladas se esse trabalho fosse sistematizado, contínuo e voltado a outras áreas que trabalham diretamente com essa questão, como à Educação Física ou a Fisioterapia. Diante disso, para facilitar o desenvolvimento do trabalho cultural através do corpo, vamos nos “apropriar” no método TEACCH e da Equoterapia para o desenvolvimento desse projeto. Dentre os objetivos do método TEACCH, no que diz respeito a questão comportamental, a contínua observação de uma sequência de imagens faz com que o autista, pouco a pouco, se livre dos hábitos indesejados e comece a criar o hábito da rotina dentro das mais variadas situações diárias. Como exemplo da explanação de uma sequência de

imagens de rotina, podemos citar imagens sequenciais organizadas por meio de cartões, com todas as etapas de uma criança indo ao banheiro para urinar, por exemplo. Já a Equoterapia pode ser descrita como um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais. Dessa forma, a metodologia do método TEACCH, se insere diretamente em questões totalmente cabíveis ao teatro, no que diz respeito a imitação, tendo como exemplo o jogo teatral desenvolvido junto as figuras de rotina, característica prinicipal do método TEACCH. Questões técnicas cabíveis a dança, como: eixo, equilibrio, expressividade e confiança, podem ser trabalhadas a partir da multidisciplinariedade a qual a Equoterapia se propõe executar por meio do trabalho multisciplinar. Dessa forma, o presente trabalho pretende ser desenvolvido diante de questões multidisciplinares, unindo formas de atendimento básico oferecidas a autistas junto a abordagem cultural pertinente ao Teatro e a Dança.

Matérias de Jornais, Banners, Flyers, Folders, Outdoors.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *