Teatro Viajando com as Histórias

Prazo para captação:

De 22/10/12 até 31/08/13

Descrição

Circulação pelo interior de apresentações e palestras para crianças e adolescentes de baixa renda: 20 apresentações de narração de histórias 10 palestra sobre "A arte de Contar histórias"

Quem Incentiva Pessoa Jurídica

Região SP

Tipo de imposto abatido ICMS

Valor autorizado para captação:

R$ 369.000,00

Resumo

Circulação pelo interior de apresentações e palestras para crianças e adolescentes de baixa renda: 20 apresentações de narração de histórias 10 palestra sobre “A arte de Contar histórias”

Objetivo

Resgatar o importantíssimo papel do contador de histórias na formação e manutenção da cultura e identidade do povo. O repertório de Ana Luísa é composto de contos dos índios brasileiros, africanos, judaicos, japoneses, árabes, persas, chineses, hindus, além de autores como Clarice Lispector, Machado de Assis, Lygia Fagundes Telles, Moacyr Scliar, entre outros. Proporcionar a fruição através das apresentações e a capacitação através das palestras, DVD e livro. Este projeto prevê: que em cada cidade sejam feitas duas apresentações em escolas públicas e uma palestra para educadores, mediadores de leitura. Espera-se que cada apresentação ou palestra tenha uma média de público de 300 pessoas, totalizando 9.000 espectadores diretamente. Além disso, com a distribuição dos 2500 kits contendo a palestra, o livro e um CD de canções o alcance do projeto se multiplicará pela rede pública de escolas do Estado.

Nº do Diário Oficial

122 (133) 31

Onde vai acontecer

SP: Todas as cidades

Data de realização

Não definida

Público

Crianças, adolescentes, pais, professores, mediadores de leitura e público a ser definido por patrocinador.

Descrição

Este projeto tem como objetivo a realização de 20 apresentações de narração de histórias e 10 palestras da atriz e contadora de histórias Ana Luísa Lacombe em 8 cidades do interior e 2 regiões da capital (norte e leste) do Estado de São Paulo. Além disso, como material complementar das ações serão distribuídos para instituições de todo estado kits contendo o livro “Viajando com as Histórias” com as técnicas para se narrar, o DVD com a palestra “A Arte de Contar Histórias”, apostila de apoio e CD (já produzido que será apenas distribuído). A distribuição deste material será feita para todas as escolas da

Rede Pública do Estado de São Paulo como ferramenta multiplicadora desta ação através da parceria que estamos propondo com a FDE.

A experiência de ouvir e contar histórias é uma antiga arte ligada à construção cultural do ser humano. As narrativas tradicionais expressam em imagens as verdades mais profundas da vida, por isso são eternas. Era uma vez, heróis, príncipes e princesas, bruxas e dragões mexem com a fantasia, com os sonhos e ajudam crianças e adultos a superarem, com simplicidade e beleza, muitos conflitos. É um convite para o sonhar e sonhando formar o próprio caminho, pontes para jornada da vida. Forma essencial de comunicação, no passado, era o contador de histórias o depositário da experiência, conhecimento e sabedoria. A tradição da história oral fortalece as relações entre pessoas e comunidades, cria uma rede de transmissão de tipos distintos de conhecimento e de modo de vida. Essa relação de aprendizagem informal é importante na estruturação e consolidação da cultura do grupo. O ato de contar histórias, mais do que vitalizar a tradição oral, significa transmitir, de boca em boca, todas as experiências adquiridas pela humanidade em seu caminhar pelo mundo. Instigar o desenvolvimento desta oralidade estimula os laços de solidariedade e integração social que sustentam a memória coletiva e formam a história de um povo, tornando-se um patrimônio cultural. Ciente da importância desde patrimônio, Ana Luísa Lacombe, atriz há 30 anos, a partir de 2002, mergulhou no universo da narração de histórias e descobriu nos textos e na forma da narrativa dos contadores o material que procurava para desenvolver um trabalho mais aprofundado e autoral. Lembrando muito os griôs (figuras marcantes na cultura africana por serem responsáveis pela manutenção e promoção da oralidade como fonte e difusora da cultura e da história), com seu violão e sua capacidade para unir pessoas para aprenderem sobre si e sobre o mundo, Ana Luisa conta histórias que evocam a magia, aquecem o coração, revelam culturas distantes. Arte capaz de envolver crianças, mesmo essas dos novos tempos, acostumadas à linguagem veloz e multimídia dos videoclipes, videogames e afins, e também adolescentes e adultos. Com isso, a execução deste projeto proporciona mais do que a simples preservação de um fazer cultural já em desaparecimento, o da narração de histórias, ele se propõe a capacitar os educadores e mediadores de leitura, multiplicando sua arte por muitas pessoas. A partir da experiência do projeto anterior, patrocinado pela lei Rouanet, “Trilogia Faz e Conta” com o qual Ana Luísa viajou pelo interior de São Paulo levando seus espetáculos e suas palestras, a proposta desta nova empreitada é ampliar o campo de atuação espalhando seu conhecimento por mais cidades deste vasto estado. O vídeo e o livro possibilitam que mesmo quem não tenha tido a chance de estar presencialmente nas apresentações e nas palestras, possa ter acesso ao conteúdo transmitido pela contadora de histórias estendendo, assim, o alcance do projeto.

Todas as contrapartidas podem ser negociadas de acordo com o interesse do Patrocinador

• Programa dos espetáculos Aplicação da logomarca do patrocinador nos programas distribuídos ao público nas apresentações

• Kit “Viajando com as Histórias” Aplicação da logomarca em todos os livros, CDs, DVDs, apostilas

• Home-page Aplicação da logomarca no site www.fazeconta.art.br

•E-mail marketing Divulgação do patrocinador para mais de 5.000 pessoas

•Banners Aplicação da logomarca nos banners expostos nos locais de apresentação

Ações Diferenciadas:

Todas as ações podem ser negociadas de acordo com o interesse do Patrocinador

• Apresentações Exclusivas “Viajando com as histórias” pode oferecer apresentações e palestras exclusivas para o patrocinador como ferramenta de relacionamento, em datas previamente acordadas

• Ações Promocionais O patrocinador poderá distribuir material promocional e institucional da empresa nos dias das apresentações

• Responsabilidade Socioambiental O patrocinador poderá criar materiais educativos e desenvolver campanhas socioambientais para o público-alvo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *